Sala de Imprensa - Releases

Roberto Grosman anuncia a chegada de Fernand Alphen como co-CEO da F.biz

Agência inicia uma nova etapa e quer se consolidar como a melhor entre as maiores

 

A F.biz inicia um novo ciclo de evolução com a chegada de Fernand Alphen, que assume o cargo de co-CEO, ao lado de Roberto Grosman, também co-CEO da agência. Alphen chega no momento em que a F.biz vive a melhor fase de sua história. Já reconhecida como uma das melhores agências do mercado, quer se consolidar agora como a melhor entre as maiores.

Segundo o relatório Agency Scope 2018, a F.biz é a mais exemplar entre as agências integradas; a quarta no ranking de atratividade; a primeira em data analytics; apresenta 100% de aprovação dos clientes em atendimento; está entre as 10 mais criativas; e é a primeira do ranking digital. A pesquisa realizada pela espanhola Scopen, uma das maiores consultorias de marca do mundo, entrevistou 376 executivos de marketing e 42 da área de compras dos anunciantes, além de 348 profissionais de agências, entre maio e setembro de 2018.  

"Prestes a completar 20 anos de existência, experimentamos um momento único. Temos o endosso do grupo WPP para investir em novos talentos e em negócios capazes de levar a agência a um novo patamar de evolução. É um privilégio poder trilhar este caminho ao lado de Fernand Alphen", diz Roberto Grosman, co-CEO da F.biz. "Estou duplamente feliz. Feliz porque adoro propaganda. E feliz porque a F.biz é a agência que mais se aproxima daquilo que adoro na propaganda: gente feliz", comenta Fernand Alphen, co-CEO da F.biz.

Com uma operação moderna, a agência está hoje dividida em três hubs: Negócios, liderado pela CBO Juliana Nascimento; Estratégia, conduzido pela CSO Renata d'Ávila; e Criatividade. Além de lideranças renomadas, possui mais de 300 funcionários empenhados em desenvolver trabalhos reconhecidos pelo mercado e por clientes.

A F.biz nasceu em 1999 como um site de entretenimento, o Fulano. A primeira evolução veio dois anos depois, quando se transformou em uma produtora digital. Na segunda onda, em 2006, passou a atuar como uma agência digital, alçando o topo do ranking no mercado brasileiro, posição mantida até hoje. Em 2012, a F.biz transcende o meio digital e se torna uma agência de comunicação integrada. A trajetória constante de adaptações culminou na criação do posicionamento Early Adapter, em 2017.

 

Sobre Roberto Grosman

Roberto Grosman, sócio e co-CEO da F.biz, é graduado em Administração de Empresas pela Fundação Getulio Vargas São Paulo (FGV-SP) e possui MBA no MIT Sloan School of Management de Cambridge (EUA). Ao lado dos irmãos Rogério e Patrícia Silberberg, fundou o site Fulano em 1999, quando o mundo vivia o boom da internet. A área de business do site de entretenimento se transformou na F.biz, que passou de produtora digital à maior agência digital do País, posição mantida até hoje. Em 2005, Roberto participou do lançamento do leitor digital Kindle, da Amazon.com, em Seattle (EUA). Regressou ao Brasil em 2006 como gerente de adsense do Google para a América Latina e, dois anos depois, retornou ao comando da F.biz. Grosman testemunhou os principais momentos de evolução do negócio, que culminou na venda de 70% do capital da agência para o grupo britânico WPP, em 2011.

 

Sobre Fernand Alphen

Nascido no Brasil mas criado na França, Fernand Alphen, co-CEO da F.biz, é graduado e pós-graduado em Administração de Empresas na FGV e graduado em História na USP. Começou a sua carreira empreendendo com uma agência de propaganda fundo de quintal mas pioneira no digital. Depois de alguns anos, ingressou na F/Nazca S&S para montar o departamento “interativo" da agência. Virou diretor de criação e depois responsável pela área de planejamento. Passados 13 anos na F/Nazca, ingressou na JWT como head de planejamento e chief strategy officer, cargo que ocupou por quase seis anos. Nos últimos dois anos e meio, foi responsável e sócio de uma start-up de social commerce, a Lua.net.

 

Sobre a F.biz

A F.biz nasceu no dia 13 de julho de 1999. Do site Fulano, passou a atuar como produtora e logo chegou ao topo do ranking das agências digitais independentes do país. Em 2011, teve 70% do seu capital adquirido pelo WPP Group. Com o posicionamento Early Adapters, hoje a F.biz é uma agência de comunicação preparada para evoluir conforme as mudanças do mercado. Jeep, Unilever, Popeyes, Claro, Honda Motos, DPSP, Rico, Luxottica e Mobil são alguns dos clientes que contam com uma estrutura ágil, estratégica e integradora, com forte expertise no digital e que entende o consumidor em qualquer meio. A agência acumula prêmios internacionais e nacionais, como Cannes Lions, Effie Awards, Wave Festival, Facebook Awards, CCSP, entre outros. Tem ainda a sua CSO, Renata d’Ávila, entre os ganhadores do Caboré, um dos maiores prêmios da publicidade brasileira. Conheça mais sobre a agência em www.fbiz.com.br.

Imagens para download:

Imagem

Da esquerda para a direita: Roberto Grosman e Fernand Alphen, ambos co-CEOs da F.biz

Da esquerda para a direita: Roberto Grosman e Fernand Alphen, ambos co-CEOs da F.biz

Leia Também