Sala de Imprensa - Releases

CESAR CIELO MERGULHA NA CAUSA DO GRAACC

Touca cor da pele confere aspecto careca ao atleta durante o maior torneio da natação brasileira

O nadador brasileiro Cesar Cielo, tricampeão mundial e campeão olímpico dos 50m livre, usou um acessório especial para disputar a prova dos 50m livre realizada nesta quarta-feira (23) pelo 54º Troféu Maria Lenk. O atleta, que alcançou o melhor tempo do mundo, com a marca de 21s39, caiu na piscina do Parque Aquático Caio Pompeu de Toledo, no Ibirapuera, em São Paulo, com uma touca cor da pele para simular um visual careca e chamar a atenção para a causa do combate ao câncer infantil, defendida pelo GRAACC (Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer).

“Da mesma forma que Cielo busca quebrar recordes, as crianças e adolescentes do GRAACC ultrapassam limites para vencer o câncer. O ouro é a superação”, compara Guilherme Jahara, CCO da F.biz, idealizadora da ação. O objetivo é sensibilizar as pessoas e estimular doações capazes de manter o atendimento de excelência fornecido pela instituição desde 1991. A touca utilizada por Cielo será autografa e leiloada pelo site Ídolos Eternos entre os dias 5 e 16 de maio.

Foram produzidas outras 13 toucas, disponíveis para os demais colegas de Cielo na equipe do Minas Tênis Clube. Chamada “Prova de superação”, a iniciativa conta ainda com uma edição especial de toucas, produzidas em cinco diferentes tonalidades de pele, que também poderão ser adquiridas por meio do site Ídolos Eternos. “Atribuir a aparência de uma criança com câncer a um campeão mundial cria uma identificação capaz de mostrar para essas crianças que também elas podem ser vitoriosas, se curar e ter uma vida normal”, destaca Tammy Allersdorfer, gerente geral de desenvolvimento Institucional do GRAACC.

A investida de Cielo começou com um videoteaser publicado no último dia 17 de abril, na página do GRAACC no YouTube (https://www.facebook.com/GRAACC), além de diversos tweets e posts no Facebook. “Vou nadar pelas crianças do GRAACC”, antecipou o nadador. Além do teaser, um hotsite e peças com a frase “eles já são parecidos na vontade de vencer, agora na aparência também”, ambientaram toda a empreitada na web. O engajamento dos patrocinadores de Cesar Cielo também foi decisivo. Gatorade, Adidas, Embratel, Furnas, Fiat e Correios autorizaram a retirada de suas respectivas marcas da touca do nadador para preservar o alcance e o impacto da ação.

Primeira competição nacional disputada por Cielo pelo Minas Tênis Clube, o Troféu Maria Lenk, que leva o nome da mais importante nadadora da história do Brasil, volta a São Paulo após 14 anos. Nesta edição, o maior torneio da natação brasileira vai revelar a equipe que representará o País no Pan-Pacífico, que acontece na Austrália, em agosto. A competição, que é organizada pela Confederação Brasileira de Esportes Aquáticos (CBDA), começou na última segunda-feira (21/4) e segue até o próximo sábado (26/4). Cesar Cielo abriu o revezamento 4x50m livre pelo Minas e venceu a prova ao lado de Felipe Martins, Fernando Silva e Giovane Paula. No total, Cielo participa de seis provas: os 50m livre, 50m borboleta, 100m livre e os três revezamentos – 4×50m livre, 4×100m livre e 4×100m medley. As eliminatórias começam às 9h30, com finais às 17 horas. A competição soma 350 nadadores representando 42 clubes.

Imagens para download:

Imagem

GRAACC Prova de Superação

GRAACC Prova de Superação

Leia Também